Texto do seu paragrafo 5 300x75 - Os Diversos Formatos de Empreendimentos Imobiliários

Os Diversos Formatos de Empreendimentos Imobiliários

Compartilhe:

A Variedade de Produtos Imobiliários 

A diversidade de formatos na incorporação imobiliária permite aos incorporadores a criação de soluções sob medida para as necessidades de cada mercado e público-alvo. Vamos conhecer alguns dos principais modelos existentes:

 

Os empreendimentos residenciais

Os empreendimentos residenciais constituem uma das principais categorias de projetos imobiliários, voltados especificamente para o uso habitacional. A variedade de empreendimentos residenciais permite abranger um amplo espectro de perfis de compradores e investidores, com diferenciais como localização, padrão construtivo, infraestrutura e amenidades oferecidas.

Estes empreendimentos podem assumir diversas formas, dentre elas estão:

  • Edifício de Apartamentos: a clássica torre residencial 

Com diversos apartamentos distribuídos pelos andares, esses empreendimentos podem variar amplamente em termos de padrão, itens de lazer e público-alvo, pois vão desde soluções voltadas para a habitação popular até projetos de altíssimo luxo.

  • Condomínio de Casas: Privacidade e espaço em um ambiente coletivo

Loteamentos com casas individuais, mas com áreas comuns do condomínio, como ruas, áreas de lazer e segurança controlada. Ou seja, esse formato permite uma maior sensação de espaço e privacidade, além de agregar valor por meio das benfeitorias comuns.

  • Condomínio de Lotes: Liberdade na construção da casa própria 

Nesse modelo, é realizada apenas a venda dos lotes, cabendo ao empreendimento a responsabilidade pela infraestrutura e áreas comuns. Em outras palavras esse formato é uma boa opção para aqueles que desejam maior liberdade na construção de suas casas.

 

Os empreendimentos comerciais

Os empreendimentos comerciais referem-se a projetos imobiliários desenvolvidos com o objetivo principal de abrigar atividades econômicas e de negócios, com  foco em atender às necessidades de empresas, profissionais liberais, investidores e consumidores, oferecendo espaços, infraestrutura e serviços adequados para a instalação e o desenvolvimento de atividades comerciais, industriais, de prestação de serviços e de hospedagem.

Esses empreendimentos representam importantes investimentos e geração de renda no setor imobiliário, além de contribuírem para o desenvolvimento econômico e a dinamização de regiões e centros urbanos.

Estes empreendimentos podem assumir diversas formas, dentre elas estão:

  • Edifício Comercial: Soluções para o mercado corporativo

Prédios dedicados a abrigar salas comerciais, escritórios e ambientes compartilhados, como lobbies e cafés, consequentemente esses empreendimentos são ideais para empresas que buscam um endereço comercial de prestígio.

  • Galeria Comercial: Opções menores para empreendedores

Formato semelhante ao Shopping com lojas menores, pois busca atrair empreendedores de menor porte.

  • Shopping: Destinos de lazer 

Empreendimento com diversas lojas, que podem ser vendidas ou alugadas aos comerciantes. Como resultado esse modelo é fundamental para a criação de destinos e experiências de compra diferenciadas.

  • Hotel com ou sem Bandeira: Oportunidades para investidores

Empreendimentos hoteleiros, em que os apartamentos podem ser vendidos a investidores que os alugam para a rede hoteleira.

 

Outras categorias

Os empreendimentos de uso misto, o Built to Suit e as multipropriedades são produtos que se encaixam de maneira complementar no universo dos empreendimentos imobiliários. Vamos explorá-los:

  • Uso Misto: A integração de diferentes tipologias

São projetos que integram diferentes finalidades em um mesmo complexo, como residencial, comercial e de lazer e permitem a combinação de espaços e serviços, otimizando a utilização do imóvel. Alguns exemplos: condomínios com apartamentos, lojas e áreas de lazer; edifícios com escritórios e unidades residenciais.

  • Built to Suit (BTS): Projetos sob medida para inquilinos específicos

São empreendimentos desenvolvidos sob medida para atender às necessidades específicas de um cliente ou inquilino. O projeto é customizado conforme os requisitos do interessado, seja para uso comercial, industrial ou institucional. Permite maior adequação do imóvel às demandas do negócio ou atividade.

 

  • Multipropriedade ou Time Sharing: Compartilhando destinos de lazer

Referem-se a empreendimentos, principalmente de lazer, onde a propriedade é compartilhada por múltiplos proprietários onde os proprietários têm direito de uso do imóvel por períodos determinados, geralmente em sistema de temporadas. Alguns exemplos desse tipo de empreendimento são: resorts, hotéis e condomínios com acomodações de uso fracionado.

 

É importante ressaltar que essa é apenas uma listagem básica dos formatos mais comuns e é fundamental diferenciar a incorporação imobiliária do loteamento, pois este último possui uma legislação específica e não se enquadra no escopo da incorporação. Mas não se preocupe, clique aqui e tenha acesso a um curso completo que irá te mostrar o que é essencial para se desenvolver um produto imobiliário de acordo com as especificações exigidas.

Entender a diversidade de formatos disponíveis é crucial para que o incorporador possa selecionar a melhor opção de acordo com o terreno, o público-alvo e as tendências de mercado. Essa versatilidade permite a criação de soluções imobiliárias adaptadas às necessidades de cada região, atendendo a demandas cada vez mais específicas dos consumidores, já que com o conhecimento dessa ampla gama de possibilidades, os incorporadores podem desenvolver empreendimentos que não apenas atendam, mas superem as expectativas do mercado.

 

Se interessou por esse assunto? Então continue acompanhando as publicações, pois logo mais iremos falar sobre cada modelo separadamente e suas particularidades.

 

Um abraço!

Carolina Caribé Marques.

 

Compartilhe:

IP Highligths 150x150 - Os Diversos Formatos de Empreendimentos Imobiliários

Carolina Caribé Marques

SUGESTÃO DE LEITURA